Inserir Notícia

Os Indicadores de Endividamento: Entenda a importância de acompanhar esse índice

 

O capital de terceiros é todo o dinheiro que não é da empresa, pode ser um empréstimo ou algo que foi deixado para ser usado, mas deverá ser devolvido. É o dinheiro que você investe para ter algum retorno. O nome “capital de terceiros” é porque foi feito um investimento, e o capital investido está, ou pertence, em terceiros.

 

No balanço patrimonial, o capital de terceiros é o passivo da empresa. É no passivo que está contido os fornecedores, empréstimos a pagar, salários e pagar e etc. O fornecedor é um capital de terceiros porque ao se realizar a compra se faz um desembolso para vir a ter um retorno futuro.

 

Colocado o que é o capital de terceiros, voltamos ao assunto principal: o índice de endividamento. Este índice é classificado em dois diferentes tipos, o Endividamento Geral e a Composição do Endividamento. Diferente dos índices de liquidez que falamos no último texto, o valor aqui se dá em porcentagem, e quanto menor o valor da porcentagem, melhor para a empresa.

 

As classificações dos Índices de Endividamento:

 

Endividamento Geral

 

O Endividamento Geral é utilizado para identificar o quanto uma empresa financiou seus ativos em capitais de terceiros. Ou seja, em obrigações que a empresa tem, e que devem ser liquidadas futuramente. Os passivos podem ser circulantes ou não.

 

Para fazer o cálculo do índice de endividamento geral, deve-se somar o passivo circulante com o passivo não circulante, dividir o resultado pelo ativo total multiplicado por 100. O valor deverá ser representado por porcentagens, quanto menor o valor das porcentagens melhor, pois são eles que medem o nível de inadimplência da empresa.

 

Vamos dar um exemplo para que se visualize melhor: Uma empresa possui R$50.000 de passivo circulante, R$10.000 de passivo não circulante e R$80.000 de ativo total. O cálculo então será:  

 

(50.000 + 10.000) /80.000 x 100 = 75%

60.000 /80.000 x 100 = 75%

 

Este é um resultado ruim para a empresa, porque quer dizer que em 100% de seus ativos, 75% destes ativos estão concentrados em capitais de terceiros, podendo ser com fornecedores, salários de funcionários, impostos e etc. Esta empresa possui uma grande dependência de capital de terceiros.

 

Composição do Endividamento

 

A Composição do Endividamento é o índice que mostra que o endividamento da empresa está mais concentrado no curto prazo ou no longo prazo. O cálculo se dá da de uma maneira simples (comparado aos outros): passivo circulante dividido pelo passivo total. 

 

Vamos exemplificar melhor. Uma empresa possui R$100.000 de passivos de curto prazo (ou circulante), e R$200.00 de passivos de longo prazo, somando assim um total de R$300.000 de passivos totais.

 

100.000/300.000 x 100 = 33,33%

 

Este resultado significa que 33,33% do capital de terceiros da empresa devem ser pagos no curto prazo, e que 66,67% devem ser pagos no longo prazo. O que indica um bom índice de endividamento, porque a empresa terá mais tempo para captar recursos e conseguir honrar com seus compromissos.

 

Os cálculos de Indicadores de Endividamento devem ser feitos periodicamente?  

 

Com certeza, o gestor financeiro deve sempre estar observando esse número para não deixar que a empresa venha se endividar demais. O excesso de dívidas pode levar a empresa à falência.

 

O Índice de Endividamento é uma questão negativa?

 

O indicador de endividamento é apenas um índice, e não necessariamente vai ser negativo. É uma porcentagem pela qual o gestor financeiro ou o contador vão ter de ter sempre controle, não a deixando ficar muito alta. É este índice que vai identificar se a saúde financeira da empresa está concentrada no capital de terceiros.

 

Se estiver ocorrendo dos ativos da empresa, os bens e direito que a empresa possui, estarem concentrados em capitais de terceiros, e esta taxa estiver muito alta, significa que a empresa está endividada e é hora de tomar precauções.  Por isso é sempre bom frisar que se tratando de índice de endividamento, quanto menor melhor.

 

Para se aprofundar mais nos temas de gestão financeira continue por aqui! Até a próxima... 

 

 



Link da Matéria Original: noticiadorweb.com.br/index.php?action=show&secao=exibir_noticia&noticia_id=17204

Autor: BisaWeb

Data de Publicação: 03/12/2019

Esta notícia já foi visualizada 366 vezes.


Imprimir notícia       Enviar notícia por email
Seu nome
Seu e-mail
Nome do seu amigo
E-mail do seu amigo

Comentários



Deixe um comentário


Desejo receber notificações se alguém mais comenta a noticia.