Inserir Notícia

O que é uma conta?

 

Existem algumas formas de contas, como as contas a pagar (obrigações) e as contas a receber (direito), que são os créditos. A conta bancária é um outro tipo de conta, que representa o patrimônio. Na contabilidade existe um Plano de Contas, onde estão os ativos e os passivos, as contas de resultado e todas as demais contas diversas, de acordo com as características necessárias para a empresa.

 

Do que é feito o Plano de Contas

 

No Plano de Contas está a junção de todas as contas, ou seja, uma listagem ordenada por tipo de contas. Normalmente se agrupa o Ativo, e todas as contas que fazem parte dele, e depois o Passivo e suas contas referentes. Em seguida vem as contas de resultados, que são relativas às despesas e receitas da empresa.

 

O Plano de Contas compõe o Balanço Patrimonial, junto com a demonstração de resultados. São duas demonstrações contábeis. As ordens das contas são por sua liquidez, pelas contas que são transformadas em dinheiro mais rapidamente. Por conta disso que no Balanço Patrimonial a primeira conta é o valor em caixa, em seguida o que se tem nos bancos, e assim sucessivamente.

 

A liquidez se refere à facilidade de usar o dinheiro. O dinheiro em caixa é o mais fácil de ser gasto, mas se você tem bens, cada um vai possuir um grau de liquidez. Por exemplo, quando você que usar um carro para comprar algo, primeiro você terá que vendê-lo para depois usar o dinheiro. Seguindo essa linha, é mais fácil um carro se tornar dinheiro do que um imóvel mesmo os dois sendo bens, porém o carro tem uma liquidez maior do que o imóvel. E quanto maior a liquidez, mais fácil de usar o dinheiro.

 

Colocando o Plano de Contas em pratica

 

O responsável pelo Plano de Contas é o contador, que fica encarregado de fazer a contabilidade administrativa das contas, criando novas, excluindo contas obsoletas e fazendo a configuração ideal para a empresa para qual ele trabalha.

 

Normalmente, um contador que começa a prestar serviço para uma empresa recém fundada deve analisar que tipo de operação aquela empresa faz e, a partir disso, criar o Plano de Contas ideal. Se é uma empresa de comércio, vão haver contas especificas como a conta de estoque. No caso de uma empresa prestadora de serviço é feita outra configuração, com as despesas e receitas desta área.

 

Cada empresa tem seu formato de Plano de Contas, as regras são praticamente as mesmas. O que pode mudar é o grau de especificidade que o contador vai exigir, ou um administrador financeiro mais detalhista vai querer contas bem detalhadas, com muitos elementos. Outro pode preferir algo mais sintético, cada um age de acordo com sua vivência e necessidade.

 

O Plano de Contas é utilizado em empresas grandes e pequenas, não tem restrições, todas necessitam dessa organização. Existe uma fórmula, ou uma regra, de que para cada crédito há um débito de igual valor. Esta máxima deu origem a toda estruturação contábil. Para cada ativo tem-se um passivo correspondente, essa é a lógica da contabilidade. Essa regra vale para quem tem 10 centavos ou para quem tem 10 milhões.

 

 

 

 

 

 

 

 



Link da Matéria Original: noticiadorweb.com.br/index.php?action=show&secao=exibir_noticia&noticia_id=17178

Autor: BisaWeb

Data de Publicação: 07/10/2019

Esta notícia já foi visualizada 81 vezes.


Imprimir notícia       Enviar notícia por email
Seu nome
Seu e-mail
Nome do seu amigo
E-mail do seu amigo

Comentários



Deixe um comentário


Desejo receber notificações se alguém mais comenta a noticia.