Inserir Notícia

Novidades do Rental - 38ª semana de 2017

 
Evento do Banco Mundial vai discutir em São Paulo 
o Impacto das obras rodoviárias
 
SINICESP - O Banco Mundial realiza no dia 20 de setembro, em São Paulo, o Workshop Impacto das Obras Rodoviárias no Meio Físico, Biótico e Social.
O objetivo do evento é aprofundar o conhecimento das Especificações Técnicas Ambientais, Sociais, de Saúde e Segurança (ETAS) dos próximos contratos de obras.
Durante o evento também serão discutidos os seus princípios, processos, procedimentos, licenças e instrumentos (incluindo formatos de relatórios), gestão e supervisão aplicáveis na execução de obras rodoviárias, em conformidade com a Legislação Brasileira e com as Políticas Operacionais e Padrões de Desempenho do Grupo Banco Mundial, e a aplicação prática dessas normativas.
O workshop ocorrerá no auditório do DER, localizado na Avenida do Estado, 777, Ponte Pequena, 5º andar.
 
AGENDA
08:30 Credenciamento dos participantes
09:00 Abertura 
Superintendente DER/SP - Ricardo Rodrigues Barbosa Volpi
09:30 Palestra Tema: Especificações Ambientais - Palestrante: Marcio Cerqueira Batitucci, Especialista Sênior Ambiental do Banco Mundial
10:30 Intervalo – Coffee Break
10:50 Palestra Tema: Licenciamento Ambiental de Empreendimentos Rodoviários e suas Condicionantes. - Palestrante: Equipe Cetesb do Departamento de Avaliação Ambiental de Empreendimentos
11:40 Palestra Tema: Implantação de programas ambientais para os meios físico e biótico durante a fase de obras. Palestrante: Equipe da Coordenadoria de Meio Ambiente - DER/SP
12:00 Almoço
14:00 Palestra Tema: Especificações Sociais, Saúde e Segurança - Palestrante: Graciela Sanchez Martinez, Especialista Sênior Social do Banco Mundial
15:00 Intervalo – Coffee Break
15:15 Palestra Tema: Desapropriação e Reassentamento das Obras – Planos - Palestrante: Equipe da Diretoria de Planejamento – DP - DER/SP
15:45 Palestra Tema: Comunicação e Gestão de Interação e Reclamações - Palestrante: DER/SP
16:15 Avaliações e Considerações Finais
17:00 Encerramento
 
 
Setor da construção e Sebrae firmam parceria em busca de oportunidades de negócios para a cadeia produtiva
 
SETOR DA CONSTRUÇÃO E SEBRAE FIRMAM PARCERIA EM BUSCA DE OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS PARA A CADEIA PRODUTIVA 8 STARTUPS, BIM, CAPACITAÇÃO DE TERCEIROS E NORMA DE DESEMPENHO SÃO ALGUNS DOS PROJETOS QUE SERÃO TRABALHADOS PARA PROMOVER A COMPETITIVIDADE E O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DOS EMPREENDIMENTOS
 
A Câmara Brasileira da Indústria da Construção e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) estão firmando parceria em busca de melhores resultados para ações de interesses convergentes entre a cadeia produtiva do setor da construção e o -empreendedorismo. Os temas foram identificados em recente encontro entre os presidentes da CBIC, José Carlos Martins, e do Sebrae, Afif Domingos. “A ideia é inserir cada vez mais no setor o que há de mais inovador no mercado construtivo, exemplo das startups”, destaca Martins. A princípio, segundo a coordenadora de projetos da CBIC, Geórgia Grace, as entidades trabalharão em torno dos seguintes temas de interesse comum: BIM (Building Information Model), Startups, Ética e Compliance, Indicadores de Produtividade, Capacitação de Terceiros e Norma de Desempenho. “No caso do BIM, o desafio é expandir a implantação do convencimento de toda a cadeia produtiva para essa revolução, que vai mudar a forma de construir”, destaca Geórgia Grace. Já no que se refere às startups, segundo a coordenadora de projetos da CBIC, a ideia é inserir o setor também nesse universo. “Já temos desenhada a concepção de uma proposta de programa para chamar a atenção desse coletivo criativo das startups para os desafios e problemáticas do setor da construção”, informou. Sobre a capacitação, Geórgia Grace mencionou que o objetivo é trabalhar com dois projetos. O de Terceirização Responsável, sugerido pela presidente do Fórum de Ação Social e Cidadania (Fasc) da CBIC, Ana Claudia Gomes, focado nos parceiros do setor da construção, e no CBIC Jovem, projeto para capacitação e coaching desses jovens e futuros dirigentes. O anúncio da parceria foi feito no último dia 12 de setembro, durante a reunião do Conselho de Administração da CBIC, que contou com as PH Freitas/CBIC Aguinaldo Dantas, do Sebrae, apresenta instrumentos de fomento durante reunião do Conselho de Administração da CBIC www.cbic.org.br 9 presenças de Roberta Aviz, coordenadora nacional de Casa e Construção do Sebrae, e Agnaldo de Almeida Dantas, da Unidade de Acesso à Inovação, Tecnologia e Sustentabilidade, ocasião em que foram apresentadas as ferramentas e as oportunidades disponíveis no Sebrae para o encadeamento produtivo do setor da construção. OPORTUNIDADES PARA O SETOR Ao destacar as ações desenvolvidas pelo Sebrae que, atualmente, conta com 110 projetos em 26 estados do País, beneficiando mais de 5 mil empresas e com um investimento previsto de R$ 68,6 milhões em 2017 e 2018, Roberta Aviz mencionou as enormes oportunidades para a cadeia produtiva do setor e o desafio da entidade em incentivar essas inovações. Segundo Roberta, pesquisa realizada pela consultoria da CB Insights identificou as 100 mais promissoras startups para a cadeia produtiva do setor da construção no mundo. “Foram agrupados os serviços que são fundamentais para o setor e identificadas as startups que efetivamente podem colaborar, como as de softwares e aplicativos de gestão de projetos e de canteiro de obras; marketplaces para compartilhamento de equipamentos, integração de mercados; gestão de estoques e fornecedores; tecnologia para design, plantas e projetos; gestão de riscos, compliance, saúde e segurança; drones: registro fotográfico, vigilância, mapeamento de terrenos; realidade aumentada; robótica para construção; dados e análises, e gestão financeira”, salientou. Além dos projetos já desenvolvidos pelo Sebrae Nacional, Agnaldo de Almeida Dantas apresentou instrumentos de fomento para incentivar as inovações no setor. Citou o programa Sebrae Like a Boss, que estimula a formação de novas startups, fazendo com que elas cresçam e amadureçam tanto em soluções tecnológicas quanto em termos de negócios. Mencionou o Edital de inovação para a indústria do Sebrae – Senai, que contempla R$ 53,6 milhões para o desenvolvimento de projetos inovadores em empresas industriais e startups de base tecnológica. 
 
Fonte: CBIC
 
 
Encontro do Rental cearense reúne mais de 150 profissionais do setor
 
Encontro do Rental cearense reúne mais de 150 profissionais do setor1
 
 
Em 14 setembro, mais de 150 profissionais do segmento rental participaram no 3º ENCONTRO RENTAL CEARENSE. Foram discutidas as perspectivas futuras e o cenário do rental no Brasil hoje, gestão de locadoras nos tempos de crise entre muitos outros temas de grande interesse para o mercado.
No dia seguinte, os integrantes da ANALOC se reuniram e a ALEC foi representada por seu presidente, Paulo Carvalho que vai trazer muitas novidades sensacionais para nossa Associação.
 



Link da Matéria Original:

Autor: PortaldoLocador.com

Data de Publicação: 19/09/2017

Esta notícia já foi visualizada 100 vezes.


Imprimir notícia       Enviar notícia por email
Seu nome
Seu e-mail
Nome do seu amigo
E-mail do seu amigo

Comentários



Deixe um comentário


Desejo receber notificações se alguém mais comenta a noticia.